• Nossos tratamentos para Dor

Tratamento da dor

Como o Botox pode ajudar a aliviar a dor?

O Botox é um medicamento injetável feito de uma bactéria anaeróbia chamada Clostridium botulinum. Utiliza uma forma de toxina botulínica para paralisar temporariamente a atividade muscular. Mais conhecido por sua capacidade de reduzir o aparecimento de rugas faciais, o Botox também demonstrou ajudar a prevenir enxaquecas crônicas ( migrâneas) em algumas pessoas e também em distonias musculares.

É usado principalmente para quem tem dores de cabeça mais de 15 dias por mês. Os tratamentos com botox podem ajudar a reduzir os sintomas da enxaqueca, incluindo náuseas, vômitos e sensibilidade a luzes, sons e cheiros. Depois de receber injeções de Botox, pode levar de 10 a 14 dias para o paciente sentir alívio.

Em alguns casos, pode não sentir nenhum alívio dos sintomas após a primeira série de injeções e tratamentos adicionais podem ser necessários para melhorar os resultados. No caso de uso em distonias musculares a toxina botulínica está diretamente ligada ao potencial de relaxamento dos músculos. Muitos estudos comprovaram que aplicada certa quantidade da toxina em músculos com movimentos anormais estes cessariam e em casos de rigidez muscular o músculo relaxaria e ficaria mais funcional.

Aplicada diretamente nos músculos comprometidos, a toxina provoca um relaxamento e bloqueia a atividade motora  involuntária, o que reduz a dor e aumenta a amplitude de movimento dos pacientes, aumentando a eficácia de recuperação terapêutica. Para saber mais, consulte o seu especialista.

O que é uma infiltração peridural caudal?

Há uma pequena abertura na base da coluna que permite fácil acesso ao espaço epidural dentro da coluna. Isso é chamado de hiato Caudal (sacral). Uma infiltração no espaço peridural usando o hiato caudal é muito segura, confortável e eficaz em comparação com outros tipos de injeção peridural.

Qual é a finalidade de uma epidural caudal?

A dor pode ser produzida a partir dos ligamentos, discos e raízes nervosas dentro do espaço epidural. Irrigar todas essas estruturas com medicamentos específicos é capaz de produzir semanas ou meses de alívio dessa dor. Mesmo que a duração do alívio seja muito mais curta, ele pode ajudar a fazer um diagnóstico da origem de sua dor nas costas.
Para saber mais, consulte o seu especialista

Infiltração peridural caudal para alívio da dor

Dor crônica no joelho tratada com bloqueio dos nervos geniculares

O que é o bloqueio dos nervos geniculares?

Pacientes com dor crônica nos joelhos que não respondem a tratamentos conservadores, com medicamentos e fisioterapia, com restrições medicamentosas ( por alergias, por ulceras gástricas, por limitações renais e/ou hepáticas) que não desejam se submeter a cirurgias maiores, ou que tenham alguma limitação fisiológica que o impeça disso, podem ser candidatos ao bloqueio dos nervos geniculares, procedimento que interrompe o fornecimento de informações dolorosas ao cérebro, aliviando a dor local, permitindo reabilitação adequada e reestabelecimento da função.

Como é Realizado o Procedimento?

O procedimento é realizado com orientação de imagens radiológicas (fluoroscopia ou ultrassonografia) para garantir a colocação adequada de cânulas nos locais alvos. Geralmente, o procedimento dura entre 30 a 45 minutos. Uma resposta é considerada positiva se houver pelo menos 50% de redução da dor nas 24 horas após o procedimento. As complicações são raras, principalmente se a técnica for realizada de maneira precisa, por profissional especialista na área.

Para saber mais, consulte o seu especialista.

Radiofrequência pulsada

A Radiofrequência pulsada é um procedimento minimamente invasivo, cada vez mais utilizado no tratamento de diferentes tipos de dores, principalmente em dores de ordem neurológica em coluna vertebral e articulações. É considerada como uma alternativa a procedimentos mais invasivos, realizada em regime de hospital dia, em uma sala de cirurgia sob sedação leve ou intubação, por um cirurgião especialista em intervenção em dor.

Uma cânula especial é inserida sob orientação de raios-X até que fique ao lado do nervo a ser tratado. Existem muitos nervos no corpo que podem ser tratados dessa forma, mas os mais comumente tratados são as raízes nervosas que saem da coluna vertebral.

Uma vez posicionada, a ponta da cânula é aquecida com muita precisão e suavidade usando impulsos de radiofrequência para reajustar a função desordenada do nervo.

O que é a radiofrequência?

Quando a radiofrequência pulsada é usada?

Pode ser usada para uma variedade de dores de ordem neurológica, especialmente se houver resposta positiva a um bloqueio teste diagnóstico prévio (como um bloqueio de nervo transforaminal na coluna vertebral), podendo a técnica ser recomendada.

A radiofrequência pulsada pode levar a uma redução mais longa da dor e de outros sintomas, podendo durar de 6 a 12 meses, conforme a literatura médica, e mesmo ultrapassar este período, a depender de cada paciente. O procedimento pode ser repetido se a dor retornar.

Radiofrequência convencional

É uma corrente elétrica de alta frequência (500.000 Hz) é produzida por um aparelho gerador de radiofrequência. A onda é transmitida através de um cabo até um eletrodo que é colocado dentro de uma cânula.

A Cânula é inserida através da pele do paciente. A onda de radiofrequência, que percorre o eletrodo até a ponta da canula , “queima o nervo”, impedindo que ele conduza o sinal da dor até o cérebro. Já a Radiofrequência Pulsada gera ondas de calor de maneira controlada , ou seja, a temperatura não eleva tanto quanto na convencional.

O que é a radiofrequência ?

O que é o bloqueio do gânglio estrelado?

O bloqueio do gânglio estrelado é uma infiltração de anestésico local e/ou corticoides no tecido nervoso simpático do pescoço. Esses nervos fazem parte do sistema nervoso autônomo simpático que controla as funções involuntárias, como suor, pressão arterial, digestão e frequência cardíaca.

Um bloqueio do gânglio estrelado bloqueia os nervos simpáticos que vão para os braços e, até certo ponto, os nervos simpáticos que vão para o rosto. Isso pode, por sua vez, reduzir a dor, o inchaço, as alterações na cor e na sudorese na extremidade superior e pode melhorar a mobilidade.

É feito como parte do tratamento da Distrofia Simpática Reflexa (DSR), Dor Simpática Mantida, Síndrome de Dor Regional Complexa e Herpes Zoster envolvendo um braço ou a cabeça e o rosto.

Quanto tempo leva o bloqueio do gânglio estrelado?

O procedimento leva em torno de 30 a 45 minutos.

Para saber mais, consulte o seu especialista.

Os ramos médios cervicais são pequenos nervos que fornecem a sensibilidade às articulações da parte posterior da coluna, chamadas articulações facetárias. Ao bloquearmos estes nervos, bloqueamos a transmissão de sinais dolorosos, impedindo desta forma que você sinta um possível processo inflamatório que esteja acontecendo nessas articulações.

O que são os bloqueios de ramo médio cervical?

Qual é a finalidade dos bloqueios de ramo medial cervical?
A dor pode ser produzida nas articulações em muitos casos de dor no pescoço. A realização de bloqueios de ramos médio cervicais ajuda a esclarecer se a dor vem dessas pequenas articulações. Se suas articulações estão produzindo a maior parte da dor no pescoço, você obterá um alívio significativo enquanto as medicações utilizadas ainda estiverem trabalhando (normalmente 24 horas ou mais).

Em alguns casos, o bloqueio nervoso temporário produz um alívio que dura semanas ou meses. Mesmo que a duração do alívio seja muito mais curta do que isso, ele pode ajudar a fazer um diagnóstico da fonte de sua dor e, assim, direcionar esforços adicionais de tratamento.

Bloqueio do Gânglio ímpar

O que é o ganglio ímpar?
O Gânglio ímpar se localiza anterior à articulação sacrococcígea e marca a terminação da cadeia ganglionar simpática paravertebral. Este feixe de nervos fornece os sinais nociceptivos e simpáticos para diferentes estruturas ao redor do corpo, como por exemplo:

⁃ Reto distal
⁃ Região anal
⁃ Períneo
⁃ Uretra distal
⁃ Vagina distal
⁃ Escroto ou vulva

INDICAÇÃO
O bloqueio do gânglio ímpar ( gânglio de Walter) é realizado para tratamento de dores perineais refratárias a terapias conservadoras. Este procedimento é tanto diagnóstico quanto terapêutico e normalmente dura menos de uma hora. Embora haja uma variedade de métodos para este procedimento, a abordagem transsacrococcígea é a abordagem mais comum.

CAUSAS DE DOR PELVICA

As seguintes condições clínicas podem ser beneficiadas pelo bloqueio do gânglio ímpar:

⁃ Neoplasias da região pélvica/perineal
⁃ Neuralgia pós herpética
⁃ Endometriose
⁃ Prostatite
⁃ Proctite
⁃ Coccidinia

O bloqueio gânglio impar demonstrou aliviar a dor perineal crônica que não responde a tratamentos conservadores. O bloqueio desta estrutura, seguido por tratamento por radiofrequência pulsada podem oferecer uma maneira segura e eficaz de melhorar a dor perineal intratável.
Para saber mais, consulte o seu especialista.

Um bloqueio simpático lombar é uma infiltração de anestésico local com corticóides próximo dos nervos simpáticos Lombares. Os nervos estão localizados em cada lado da coluna, na parte inferior das costas. Normalmente, esses nervos controlam funções básicas, como regular o fluxo sanguíneo. Em certas condições, esses nervos simpáticos podem transportar informações sobre a dor dos tecidos periféricos de volta à medula espinhal.

O que é um bloqueio simpático lombar?

Qual é a finalidade de um bloqueio simpático lombar?

Um bloqueio simpático lombar é realizado para “bloquear” os nervos simpáticos que vão para a perna no mesmo lado da injeção. Isso pode, por sua vez, reduzir a dor, inchaço, cor, suor e pode melhorar a mobilidade. É feito como parte do tratamento da Distrofia Simpática Reflexa (RSD), Dor Simpática Mantida, Síndrome de Dor Regional Complexa e
Herpes Zoster (zona) envolvendo as pernas. Certos pacientes com neuropatia ou doença vascular periférica também podem se beneficiar de bloqueios simpáticos lombares.

Para saber mais, consulte o seu especialista.

 Tratamento da dor facetária

Os nervos do ramo medial são pequenos nervos que fornecem a sensação às articulações da parte posterior da coluna. Eles também dão movimento a um pequeno
pedaço de músculo diretamente acima da articulação. Com o bloqueio do mesmos você não sentirá mais a dor provocada pelo desgaste local dessas articulações, que
geralmente encontram-se em processo de degeneração.
A dor pode ser produzida nas articulações em muitos casos de dor nas costas. A execução de Bloqueios do ramo medial lombar ajuda a esclarecer se a dor vem dessas pequenas articulações. Se suas articulações estão produzindo a maior parte da dor nas costas, você obterá um alívio significativo enquanto o anestésico local ainda estiver trabalhando (normalmente 24 horas ou mais). Em alguns casos, o bloqueio nervoso temporário produz um alívio que dura semanas ou meses. Mesmo que a duração do alívio seja muito mais curta do que isso, ele pode ajudar a fazer um diagnóstico da origem de sua dor nas costas e, portanto, direcionar esforços adicionais de tratamento.

Como são feitos os bloqueios do ramo medial lombar?

Antes da sua consulta de teatro, você terá que jejuar (o hospital irá avisá-lo no dia anterior sobre os requisitos de jejum). Você deita na mesa da sala de cirurgia enquanto as radiografias são tiradas para estabelecer onde a agulha deve ir. Após uma preparação estéril, o anestésico local é usado para anestesiar a pele e os tecidos superficiais. A agulha é passada através do tecido anestesiado até a prateleira do osso onde o nervo está geralmente localizado sob a orientação do raio-x. Quando a agulha parece estar na posição correta, uma gota ou duas (0,2ml) de anestésico local de alta força e ação prolongada são colocadas para anestesiar os nervos. Oferecemos sedação leve como parte do procedimento, se desejar, embora não seja essencial para o sucesso da injeção. A sedação significa que você não vai se lembrar da injeção, mas está muito longe de uma anestesia geral completa. Observe que você não poderá dirigir por 24 horas após o procedimento.

Para saber mais, consulte o seu especialista.

Uma Infiltração do piriforme é um procedimento que tem como alvo o músculo Piriforme. Esse músculo se fixa na lateral do sacro (osso achatado na base da coluna, logo acima do cóccix). Sua principal função é girar a perna para fora, mas também ajuda a manter o
quadril na articulação quando ele está sustentando o peso. O nervo ciático desce pela parte de trás da perna e atravessa ou passa sob esse músculo. A tensão no músculo piriforme pode causar dornciática, que é uma dor em queimação/choque na parte de trás da coxa. Também podem ocorrer sintomas de dor no quadril e na região lombar e até mesmo na virilha, nos órgãos genitais e no reto.

O que é uma infiltração do músculo Piriforme?

O procedimento ajudará a reduzir a inflamação e / ou inchaço local. Isso, por sua vez, pode reduzir a dor, dormência, formigamento ou outros sintomas associados.
Você pode começar a sentir algum alívio dentro de 3 a 7 dias. A combinação de calor antes do exercício, gelo após o exercício e exercícios de alongamento ajudará na sua recuperação.
Para saber mais, consulte o seu especialista.

O que é a infiltração e a ablação da articulação sacroilíaca ?

A Articulação Sacroilíaca é uma articulação imóvel de alta fricção entre o sacro (parte da coluna) e o osso ílio (parte da pelve). Está sujeita a uma variedade de forças de torção e cisalhamento na vida cotidiana e pode se tornar dolorosa.

Qual é o objetivo infiltração da articulação sacroilíaca?

Ao infiltrarmos esta articulação podemos diagnosticar se a mesma é uma fonte de dor e
também tratá-la por várias semanas ou meses. O seu especialista em dor irá explicar
qual destes é o foco principal da sua injeção nesta ocasião.

A neurotomia por radiofrequência é um tipo de procedimento usado para dor nas articulações sacroilíacas causada por artrite ou outras alterações degenerativas, ou de uma lesão traumática que deixou sequelas. Neste procedimento, uma lesão de calor é
criada em certos nervos com o objetivo de interromper os sinais de dor para o cérebro, eliminando a dor.Os termos ablação por radiofrequência e neurotomia por radiofrequência são usados indistintamente. Ambos os termos referem-se a um procedimento que destrói a funcionalidade do nervo usando energia de radiofrequência.
Uma neurotomia do ramo lateral (ablação) afeta os nervos que transmitem a dor das articulações sacroilíacas. Esses nervos do ramo lateral não controlam nenhum músculo ou sensação nos braços ou pernas, portanto, uma lesão de calor representa pouco perigo de afetar negativamente essas áreas.

Para saber mais, consulte o seu especialista.

O bloqueio do nervo supraescapular é um procedimento realizado sobre o referido nervo, que supre a maior parte da sensibilidade da articulação do ombro. É realizado com anestésico local e esteróides. É indicado em condições dolorosas de ombro, incluindo ombro congelado ou quando há suspeita de compressão do nervo supra escapular. Um bloqueio do nervo supraescapular pode ser um teste para determinar a origem de sua dor e / ou para aliviá-la. Uma injeção de um esteróide de ação prolongada e anestésico local pode reduzir a dor e permitir movimentos mais confortáveis do braço. Se obtiver um período de alívio sustentado da dor com o procedimento, seu médico estará respaldado
para decidir quais etapas etapas do tratamento irão vir a seguir

O que é um bloqueio do nervo supraescapular?

O que são bloqueios de ponto de gatilho?

Ponto gatilho é uma área localizada sobre um grupo de músculos que está excessivamente tensionada. Este grupo de músculos ficará sensível ao toque e pode produzir sensações de dor ou causar espasmos involuntários dos músculos se for aplicada pressão no ponto-gatilho.

Onde podem ocorrer os pontos de gatilho?

Os pontos gatilho podem ocorrer em qualquer grupo muscular que esteja em um estado de rigidez quase permanente, o que criará uma área de sensibilidade que pode produzir dor se for tocada.

As injeções do ponto de gatilho servem como um método de fornecer alívio da dor sintomática por meio do uso de um agente medicamentoso administrado diretamente nos músculos tensos. As injeções têm se mostrado ferramentas eficazes para tratar uma variedade de dores sintomáticas causadas por injeções de ponto de gatilho.

O que pode tratar um bloqueio de ponto de gatilho?
Os músculos tensos abaixo de um ponto-gatilho ocorrem devido a um período prolongado de uso excessivo dos músculos. Existem muitas atividades diferentes nas quais um paciente pode se envolver e que podem resultar na formação de um pontogatilho, sendo a principal causa simplesmente o uso excessivo do físico que deixa os músculos desgastados, fazendo com que eles se contraiam.

Outras Possíveis Causas:

Outras causas potenciais incluem estresse excessivo da área, lesão direta do grupo muscular por movimento repentino (como o que é visto em pacientes que sofrem de whiplash) e como efeito secundário de uma ou mais complicações da coluna vertebral. Existem outras condições que um paciente pode ter que podem resultar na formação de pontos-gatilho como sintomas secundários. As condições incluem a presença de tensão crônica ou cefaléia em salvas, síndrome da ATM ou fibromialgia. Se os pontos de gatilho do evento se formarem como uma condição secundária, uma injeção de ponto gatilho é capaz de fornecer alívio, anestesiando o grupo muscular afetado.

Uso das Injeções?

As injeções de ponto gatilho têm sido utilizadas como um método de tratamento direto para pacientes com cefaléia tensional. Também são eficazes no tratamento da dor miofascial.
O objetivo deste procedimento é anestesiar o grupo de músculos tensos para que eles possam relaxar, resultando na diminuição da sensação de dor e na redução da frequência dos espasmos. Alguns pacientes podem receber mais de uma injeção no ponto-gatilho, com cada injeção subsequente produzindo uma resposta de espasmo menor, até que os músculos estejam relaxados a ponto de não ocorrer espasmo. Este é o resultado ideal, pois proporciona alívio da dor e diminui quase completamente os efeitos do ponto gatilho

A Articulação Sacroilíaca é uma articulação imóvel de alta fricção entre o sacro (parte da coluna) e o osso ílio (parte da pelve). Está sujeita a uma variedade de forças de torção e cisalhamento na vida cotidiana e pode se tornar dolorosa.

Qual é o objetivo infiltração da articulação sacroilíaca?

Ao infiltrarmos esta articulação podemos diagnosticar se a mesma é uma fonte de dor e
também tratá-la por várias semanas ou meses. O seu especialista em dor irá explicar
qual destes é o foco principal da sua injeção nesta ocasião.

O que é a infiltração e a ablação da articulação sacroilíaca ?

BLOQUEIO DO PLEXO CELIACO

O bloqueio do plexo celíaco refere-se a uma injeção de um anestésico local na área de um grupo de nervos que estimulam os órgãos abdominais. “Celíaco” refere-se à região abdominal. “Plexo” refere-se a uma rede de nervos. “Bloquear” se refere ao uso de um anestésico local para evitar que os impulsos nervosos sensoriais atinjam o cérebro.

O que é o Plexo Celíaco?

O plexo celíaco é um feixe de nervos localizado na frente do diafragma e atrás do estômago perto da artéria celíaca e da aorta abdominal. O plexo celíaco inerva o fígado, pâncreas, vesícula biliar, estômago, baço, rins, intestinos, glândulas supra-renais e vasos sanguíneos.

Um bloqueio do plexo celíaco pode ser usado para tratar a dor intratável do câncer abdominal superior. O câncer mais comum e eficazmente tratado com bloqueios do plexo celíaco é a dor do câncer pancreático e as metástases associadas.
Um bloqueio do plexo celíaco é realizado para diminuir ou eliminar a dor de pancreatite crônica. Também pode ajudar o seu médico a encontrar a causa da sua dor (bloqueio do nervo diagnóstico). O procedimento dura em média de 40 a 60 minutos.
Imediatamente após o bloqueio o paciente pode sentir seu abdômen aquecer ou sentir um pouco diferente. Além disso pode notar que a dor abdominal pode ter desaparecido por completo ou parcialmente. Também pode notar alguma fraqueza ou dormência temporária na parede abdominal ou na perna, embora este não seja realmente um efeito desejado do bloqueio do plexo celíaco.
O efeito da anestesia local passa em poucas horas. No entanto, o bloqueio dos nervos do plexo celíaco pode durar muito mais horas ou dias. Normalmente, a duração do alívio aumenta após cada injeção.
Para saber mais, consulte o seu especialista.

A discografia provocativa é um procedimento minimamente invasivo usado para determinar a condição do disco intervertebral em pacientes com dor lombar crônica.

A discografia não é um tratamento, mas sim um procedimento diagnóstico. É usado para determinar a condição dos discos intervertebrais em pacientes que mostraram em uma ressonância magnética ter discos degenerados graves, a fim de determinar se a intervenção cirúrgica será benéfica para o paciente.

É simplesmente uma das ferramentas de diagnóstico disponíveis para o médico intervencionista da dor para ajudar a confirmar o disco lombar específico como a
verdadeira fonte da dor nas costas e ajudar a garantir que a cirurgia tenha a melhor chance de sucesso

DISCOGRAFIA PROVOCATIVA

Acompanhamento Regular

Realizamos todas as consultas e acompanhamento do paciente para se ter o correto diagnóstico da origem da dor.

Marcar Consulta

Juracy Barbosa - Doctoralia.com.br

E-mail: contato@drjuracybarbosa.com.br

Telefone: (61) 99151-2661 / (61) 99812-8332

Endereço: Q 714/914 – Edifício Talento, Via W5 Sul, sala 318, Brasília – DF, 70390-145